Tuesday, August 21, 2007

Efémeros


Lembra-me os efémeros amores de Verão, aqueles que vinham com prazo de validade de algumas semanas e que roubavam (e cediam) beijos à descarada luz do sol tórrido do mês de Agosto. Não deixaram saudades, mas ficaram recordações doces e de uma inegável imaturidade. Também se cresce assim.

No comments: